Com cobertura da morte de Boechat, “Brasil Urgente” registra excelente audiência nesta segunda (11)

Hoje o Brasil perdeu um de seus maiores jornalistas, Ricardo Boechat, morreu aos 66 anos após seu helicóptero cair e bater em um caminhão no início da tarde de hoje na Grande São Paulo. Porém, mesmo com a tragédia, o jornalismo da Band seguiu firme mostrando notícias a respeito do caso, porém Datena, seu grande amigo, mesmo abalado teve que segurar-se e apresentar o “Brasil Urgente”, que registrou sua maior audiência do ano, sendo quase vice-líder. Porém, esse fato não chega nem perto de ser comemorado, o preço por isso foi bem alto.

O jornalístico comandado por Datena, exibido entre 14h42 e 19h19, marcou segundo dados preliminares, uma média de 7.1 pontos de média, atingindo picos de 9.0 pontos, e somando ainda 14.2% de participação no número de televisores ligados. No confronto, a Globo somou 12.9 pontos com “Sessão da Tarde”; “A Grande Família”; “Cordel Encantado”; “Malhação”; “Espelho da Vida”, a Record teve 7.7 com o “Balanço Geral”, as novelas da tarde, e o “Cidade Alerta”, e o SBT com o “Fofocalizando”; “Casos de Família”; “Teresa” e “Carrossel”, somou apenas 5.2 pontos de média.

Datena não conseguiu encerrar o programa, aos prantos o apresentador que há uma década mais ou menos entrega o programa para Boechat, não conteve as lágrimas e saiu do estúdio. Muito emocionante.