Novelas bíblicas da RecordTV se tornam ‘carro-chefe’ de canais da Televisa nos Estados Unidos

A Televisa, uma das maiores produtoras de novelas do planeta, está cada vez perdendo mais espaço nesse mercado. Com a ascensão dos folhetins turcos e também as produções bíblicas da RecordTV, por toda a América Latina, Norte e Central, os folhetins mexicanos acabaram sendo deixados um pouco de lado. Atualmente, as novelas produzidas no México só possuem bons índices no Brasil, no México, seu país de origem, e alguns outros da América Central. 

Nos Estados Unidos, por exemplo, a Univision e a Unimás, ambos canais pertencentes ao grupo Televisa, tem como maiores audiências, os folhetins bíblicos produzidos pela brasileira RecordTV, Na última segunda feira (7), por exemplo, “A Terra Prometida”, exibida na nanica Unimás, fez um feito histórico e atingiu a liderança isolada de audiência entre os canais hispânicos. 

Exibida na faixa das 20h, “O Rico e Lázaro”, fez a Univision derrotar novamente a série americana “Supergirl’, ao atingir um público de 1,7 milhão de espectadores e atingir 58% do público alvo deste país. O mesmo ocorreu com “A Terra Prometida”, exibida na mais recente emissora do grupo Televisa, a Unimás, quando cravou 1,4 milhão de espectadores e derrotou “Papa Toda Madre”, exibida pela Univision na faixa de confronto direto, a cria, derrotando a criadora. 

Enquanto isso, “Por Amar Sin Ley”, nova aposta da Televisa para o mercado internacional, exibida na faixa das 22 horas, registrou somente 1,2 milhão de espectadores e ainda conseguiu perder para Telemundo, que ficou em primeiro lugar nesta faixa horária.