Retrospectiva CTV – 1 ano de “Deus Salve o Rei”: ótima premissa, porém mal executada

Há exatamente 1 (um) ano atrás, estreava na tela da Globo, talvez uma das novelas mais audaciosas já feitas pela emissora carioca, “Deus Salve o Rei”. Na onda de fenômenos como “Vikings” e “Game of Thrones”, a emissora resolveu se inspirar e fazer uma trama totalmente diferente do tipo pastelão que vinha sendo apresentado na faixa, visando atrair um público mais jovem. Pra isso, não poupou esforços, chegando até a divulgar a novela na CCXP (Comic Con Experience) de 2017.

Resultado de imagem para deus salve o rei ccxp
Tatá Werneck, Marina Ruy Barbosa e Bruna Marquezine no painel de “Deus Salve o Rei” na CCXP 2017

Resultado de imagem para deus salve o rei ccxp

Porém, já no evento, a novela parece ter sido ignorada pelo público, que preferiu se adiantar pra ir ver o painel da FOX, que seria logo em seguida. Daí chegou o dia 09 de Janeiro de 2018, estreou a novela. De cara, parte do público se encantou pelos lindos cenários e figurinos, além de uma linda abertura, que até foi destaque no site geek Omelete, veja:

No primeiro capítulo, a audiência agradou, 29 pontos de média, porém nos dias seguintes, a audiência começou a cair por um fator, que é o principal erro da novela, que destacarei aqui: A FALTA DE HISTÓRIA. Sim, apesar de eu, João Luiz, ser um grande fã da novela, admito que faltou algo a mais na história dela, pois a cada semana tínhamos uma história diferente, que raramente se conectavam, não tendo um rumo a seguir, o que incomodava bastante. Não tinha algo que fizéssemos pensar: “Eles têm que fazer isso, tem que fazer aquilo…”, e etc. Tanto que após as primeiras semanas, a novela começou a registrar médias relativamente baixas, onde foi chamado Ricardo Linhares para supervisionar a história. Deu uma melhorada sim, além de terem adicionado um tom mais cômico. Veja abaixo a audiência detalhada da trama.

DEUS SALVE O REI                                
HORÁRIO: 19h30// 19h45                                
DE: DANIEL ADJAFRE supervisão de texto RICARDO LINHARES                                
DIREÇÃO: FABRICIO MAMBERTI                                
MÉDIA GERAL: 25,6 (26)                                
                                
09/01 a 13/01/2018    **    29    28    26    27    22    =    27
15/01 a 20/01/2018    27    26    27    25    25    23    =    26
22/01 a 27/01/2018    26    26    23    25    25    23    =    25
29/01 a 03/02/2018    28    27    23    25    24    24    =    25
05/02 a 10/02/2018    27    26    23    23    21    22    =    24
12/02 a 17/02/2018    25    26    27    25    25    25    =    25
19/02 a 24/02/2018    25    27    24    26    25    24    =    25
26/02 a 03/03/2018    30    27    26    27    25    23    =    26
05/03 a 10/03/2018    26    27    27    26    24    23    =    25
12/03 a 17/03/2018    26    27    24    25    23    23    =    25
19/03 a 24/03/2018    27    26    24    25    23    21    =    24
26/03 a 31/03/2018    27    26    26    24    22    24    =    25
02/04 a 07/04/2018    25    25    25    25    22    22    =    24
09/04 a 14/04/2018    27    23    25    24    23    22    =    24
16/04 a 21/04/2018    27    26    25    25    23    24    =    25
23/04 a 28/04/2018    27    27    25    26    24    23    =    25
30/04 a 05/05/2018    25    27    26    26    24    26    =    26
07/05 a 12/05/2018    27    28    27    26    27    23    =    26
14/05 a 19/05/2018    26    26    26    25    23    22    =    25
21/05 a 26/05/2018    26    28    26    27    29    25    =    27
28/05 a 02/06/2018    27    27    24    25    24    23    =    25
04/06 a 09/06/2018    27    27    24    27    24    22    =    25
11/06 a 16/06/2018    26    25    22    28    24    24    =    25
18/06 a 23/06/2018    28    24    26    22    24    22    =    24
25/06 a 30/06/2018    27    27    27    27    26    23    =    26
02/07 a 07/07/2018    28    28    27    27    26    25    =    27
09/07 a 14/07/2018    27    29    30    29    25    24    =    27
16/07 a 21/07/2018    29    28    27    29    27    26    =    28
23/07 a 28/07/2018    29    30    29    31    30    27    =    29
30/07 a 30/07/2018    34    **    **    **    **    **    =    34

Outro ponto bastante criticado pelos telespectadores foi a atuação de Bruna Marquezine como Catarina, onde apontavam estar ‘robótica’ e sem expressão. Na minha opinião, era apenas o tom da personagem, mas como a maioria não gostou, a Globo rapidamente mudou isso na mesma, e é pra muitos a melhor personagem da novela. Amália, a mocinha não cativou o público, e era duramente criticada nas redes sociais, muitos até torciam para que ela ficasse com o mocinho, Afonso, vivido por Rômulo Estrela.

O núcleo cômico, que era estrelado na sua maioria por Rodolfo, Lucrécia e seus servos, conseguia arrancar algumas risadas do público, apesar de a maioria não gostar, pois muitas vezes o tom da novela mudava de guerra para piadinhas do núcleo.

Um ponto positivo a se destacar foi a qualidade dos efeitos visuais, nas cenas de luta por exemplo, a pós-produção demorava até meses, o que rendia um ótimo trabalho. Inclusive, as cenas foram elogiadas pelos produtores da série em que a história ‘se baseou’, “Game of Thrones”.

No geral, a novela melhorou bastante do meio pro fim, o que foi capaz de reverter sua audiência baixa, que chegou a ficar abaixo dos 25 em algumas semanas. No geral, a trama teve um público bem fiel, pois se manteve entre mais ou menos 25 pontos do começo ao fim, seu público, era maioritariamente composto de jovens, que apesar de fazerem comparações com as séries americanas desmerecendo a novela, ainda assim assistiam. Na minha opinião, apesar da má execução, a novela foi um marco na história da Globo, e a melhor novela do horário nos últimos anos.

E vocês, o que acharam da trama? Comentem aqui em baixo!

As opiniões aqui expostas correspondem a do autor, João Luiz, e não do site Conexão TV.