Sem horário fixo, “Segundo Sol” despenca no Ibope em todo o Brasil

“Segundo Sol” que nas últimas semanas vinha apresentando sinais de melhoras no Ibope, não conseguiu se segurar na semana passada, e acabou perdendo 6,4% de sua audiência em uma semana considerada decisiva para o folhetim, já que foi marcada pelo imbróglio em torno da morte de Remy (Vladimir Brichta). Justo na semana do capítulo 100, considerada tão importante em se tratando de novelas do João Emanuel Carneio, a trama contou com uma grande oscilação de horário durante toda a semana, chegando a terminar por volta da meia noite na última sexta feira (7). 

Números consolidados do Kantar Ibope, mostram que na semana entre 27 de julho e 1º de setembro, a novela tinha 34.3 pontos de média, enquanto na semana seguinte registrou apenas 32.1 pontos de média, índice baixo se comparado com suas antecessoras do horário, que nesta altura dos campeonato já haviam ultrapassado os 40 pontos de média no mercado nacional. 

No Rio de Janeiro, foi onde a novela teve uma das piores perdas, registrando somente 35.0 pontos de média, ante 38.5 da semana anterior. Em Belo Horizonte a novela também perdeu audiência, passando de 31.2 para 28.3 pontos de média apenas. No Distrito Federal, sua média passou de 37.3 para 34.0 pontos apenas. Em Florianópolis também houve uma das quedas mais bruscas também, passou de 32.7 para 28.4 pontos. Em Salvador, onde o folhetim é ambientado, sua audiência caiu de 30.9 para 28.3 pontos apenas. 

Em apenas uma semana, “Segundo Sol” teve 5 horários de exibição diferentes, o que acabou afugentando parte do público do folhetim. Agora a novela deve focar na vingança de Luzia (Giovanna Antonelli), para se recuperar no Ibope em suas últimas semanas de exibição. 

Post Relacionados

Deixe uma resposta